Dra. Lucia Coutinho
(CRO-SP 23626)
Especialista em Odontopediatria




Janela, janelinha...



 


Para saber mais sobre Odontopediatria, consulte diretamente a Dra. Lucia Coutinho Porto (vide anúncio abaixo)



Leia Também:

A influência da mastigação e dos hábitos de sucção no crescimento das arcadas dentárias da criança (junho 10)
Dúvidas mais frequentes em relação á saúde bucal da criança(abril 10)
O segredo de uma saúde bocal perfeita (março 10)
Cárie precoce na infância (agosto 09)
Traumatismo nos dentes: O que devemos fazer?(agosto 09)
Dentista não é bicho papão (agosto 09)
Nascem os primeiro dentinhos(julho 09)
Traumatismo nos Dentes : O que devemos fazer? (maio 09)
  A Chegada dos Dentinhos
(abril 09)
  A Saúde Bucal do Bebê Começa na Barriga da Mãe
(abril 09)
  Odontologia para Gestantes
(abril 09)
  A Evolução dos Dentinhos
(abril 09)
  Gravidez: A Saúde Total começando pela boca
(janeiro 08)
  Dicas de Odontopediatria (agosto 07)
  O Tratamento é mais Eficaz Quando o Odontopediatra Conquista a Confiança da Criança (março 07)
  Odontologia para Gestantes - Perguntas e Respostas
(agosto 06)
  Orientação Odontológica para Gestantes 2 (julho 06)
  Orientação Odontológica para Gestantes (maio 06)
  Um Sorriso Lindo e Saudável
(abril 06)
  Dicas Gerais sobre a Saúde Bucal do Bebê
(dezembro 05)
  O Bebê vai ao Dentista: Perguntas e Respostas (setembro 05)
  Clareamento Dental
(março 05)
O Bebê vai ao Dentista? (dezembro 04)
Odontologia para Gestantes (outubro 04)
Que Sorriso Lindo (agosto/04)
A Busca por um Sorriso Perfeito (junho 04)
Dentes Saudáveis para nossos Bebês (abril 04)
Dentes Saudáveis desde o Berço (janeiro 04)
Prevenção é a Palavra Chave (novembro 03)
O Segredo de uma Saúde Bucal Perfeita
(setembro 03)
Preserve o Sorriso de seu Filho (junho 03)
Prazer em ir ao Dentista
(abril 03)
Odontologia para Bebês: Antes e Após o Nascimento (janeiro 03)
Odontologia para Gestantes (março 02)
Hoje os Bebês Visistam o Odontopediatra aos 6 Meses de Idade (janeiro 02)
Traumatismo Dentário na Infância (setembro 01)
A Meta é a Geração Cárie Zero (maio 01)
Respirador Bucal 
(março 01)
Cárie de Mamadeira: Porque ela existe e como evitá-la 
(setembro 00)
Odontologia para Bebês: uma realidade (junho 00)

1. Quando deve acontecer a primeira visita da criança ao dentista?

A partir dos seis meses, quando começam a nascer os primeiros dentinhos. Nesta visita, a mamãe recebe orientação sobre dieta, higiene, aplicação de flúor, uso adequado da mamadeira, chupeta e também correção dos maus hábitos como chupar dedo.

2. O que são os chamados dentes de leite?

São os primeiros dentes a erupcionarem na cavidade oral, são denominados de decíduos e são conhecidos como dentes de leite por serem brancos e mais claros que os permanentes.

3. A partir de que idade os dentes de leite começam a cair? Por que?

Os dentes de leite começam a cair entre 5 e 7 anos, e isso ocorre porque os dentes permanentes vão se formando e reabsorvendo a raiz do dente de leite. Com isso, os dentes decíduos iniciam uma mobilidade que irá progredir até cair (esfoliar), para então permitir a erupção (nascimento) dos dentes permanentes.

4. Qual a seqüência de queda dos dente de leite? Explique.

Os primeiros dentinhos a cair, normalmente são os anteriores, depois segue a troca dentaria com a esfoliação dos caninos e por fim os dentes posteriores. A troca dos dentes anteriores inicia-se com os incisivos centrais inferiores, em seguida os incisivos laterais e por fim os incisivos centrais superiores, podendo variar esta seqüência.

5. Existe algum cuidado especial com os dentes permanentes que irão nascer após a queda do dente de leite? Explique.

Os dentes permanentes devem receber cuidados especiais, porque são dentes que ficarão para a vida toda. Ao nascerem os dentes posteriores se encontram num nível mais baixo de que os outros dentes de leite, permitindo assim um maior acúmulo de restos alimentares. Deve-se orientar a higiene com escovas diferenciadas (bitufo) que alcançam individualmente cada um desses dentes, além de aplicações de verniz de flúor, para fortalecer este esmalte. Depois de nascidos por completo deve-se avaliar a necessidade individual de cada criança e a possível indicação de selantes, que são resinas fluídas que selam a superfície dental, uma maneira de diminuir a profundidade dos sulcos existentes em dentes permanentes, facilitando a higiene e diminuindo o acúmulo de placa. É importante salientar que os primeiros molares permanentes, nascem aos 6 anos de idade, atrás do último dentinho de leite ( segundo molar decíduo), sem que haja a troca. Porém algumas mães ficam surpresas quando vão ao consultório e dizem a elas que são dentes permanentes.

6. Pode acontecer de a criança demorar mais a perder o dente de leite? Isso é comum? O que fazer nesse caso?

Em média a criança começa a trocar dentes aos 6 anos de idade e termina aos 12. Porém pode haver variação, com isto pode ocorrer troca dentária mais tardia, mas o odontopediatra deve avaliar se está dentro dos padrões de normalidade. Existem casos em que pode ocorrer a retenção tardia, isto é, quando o dente de leite não cai e o permanente já está na hora de nascer. Neste caso após uma avaliação clínica e radiográfica poderá ser indicada a extração do dente de leite para a erupção do permanente.

7. O que os pais devem fazer quando perceber que o dente está ficando mole?

Os pais devem agir naturalmente com a criança, explicar que está na hora de trocar o seu dentinho. Deve-se evitar que a criança fique levando à mão suja a boca tentando amolecer o dentinho, e cuidar da sua higiene bucal. O ideal é que o dente caia naturalmente, quando isso não acontece é importante a avaliação do odontopediatra que irá removê-lo, cuidando dessa criança para que não tenha trauma devido a esta extração.

8. “Muitas crianças se orgulham de “ficar “ banguela “, mas e aquelas que têm vergonha. Como tratá-las?

Devemos explicar que é um processo natural, todas as crianças ficam banguelas, que seus amiguinhos da escola também estão trocando os dentes. A janelinha aparece para permitir o nascimento de um novo dente, maior e bem bonito. Uma idéia é a mamãe tirar fotos da janelinha para colocar no álbum de fotos.

9. Histórias como a lenda da fada do dente incentivam a criança a cuidar melhor dos dentes? Comente.

Sim. A lenda conta à história que os dentes de leite eram muito preciosos e que as fadas vinham para comprar os dentes mais bonitos e saudáveis. Portanto, esta lenda incentiva a maioria das crianças a cuidar bem dos dentes, para que fiquem bem bonitos e com isto poder trocar por presentes assim que caírem.

10. Com que freqüência a criança deve ir ao dentista após a queda do primeiro dentinho?

Deverá ser por volta de um ano de idade, quando ela já apresenta seus primeiros dentinhos. A freqüência do retorno ao consultório varia de acordo com a necessidade individual de cada criança. Sugerimos a mãe que a criança visite o Odontopediatra duas vezes ao ano, para que possa ser acompanhada durante todo seu crescimento, troca dentária, orientação de higiene, uso de aparelho e remoção de maus hábitos. É importante salientar o uso do fio dental, tornando isso um hábito normal do seu dia a dia. Com isto, buscamos formar uma geração Cárie Zero.

11. O que os pais podem fazer se o dente permanente começar a nascer antes de o dente de leite cai? Isso é comum? Explique.

Os dentes permanentes podem começar a nascer antes de cair o dente de leite e isso acontece devido a uma diminuição da função mastigatória, caracterizada pela ingestão de alimentos mais pastosos e menos fibrosos. Pode ocorrer principalmente na região anterior, o nascimento do dente permanente atrás do dente de leite, quando isto ocorre, o Odontopediatra deverá fazer uma avaliação clínica e radiográfica e indicar a remoção ou extração do dente de leite.

Dra Lúcia Coutinho




Odontologia Integrada Lúcia Coutinho
 
Dra Lúcia Coutinho
 

Odonto-Bebê

Av. Chibarás, 848
Moema - São Paulo - SP
Fone/Fax: (11) 5052-4346
Fone/Fax:  (11) 5051-0252
e-mail: luciacoutinho@terra.com.br
site: www.luciacoutinho.com.br

Aviso: As informações contidas neste Web Site, não podem ser usadas como um substituto para se obter aconselhamento 
ou tratamento médico. Os leitores deste Web Site não devem depender exclusivamente das informações aqui contidas. 
Procure sempre um profissional especializado.

 



Copyright© Clube do Bebê 2000/2008