Dra. Gislaine Carla do Nascimento Giliberti (CRN7534)
Especialista em Nutrição



A importância da nutrição na gestação


 Alimentação adequada, exercícios moderados
e informações sobre amamentação são o segredo
para uma gravidez saudável.


Para saber mais sobre Nutrição, consulte diretamente a Equipe da Dra. Lucia Coutinho Porto (vide anúncio abaixo)



Leia Também:

  Prevenir é o melhor remédio 2 (outubro 05)
Prevenir é o melhor remédio (março 05)
 


Nutrir-se corretamente faz com que a gestante tenha uma vida mais saudável e desenvolva menos riscos de sofrer partos prematuros, dando à luz a bebês mais saldáveis.

Neste período mágico da vida, as mamães e os bebês necessitam de um equilíbrio biológico e psico-social para que tudo siga seu ciclo normal.

Algumas mudanças físicas e bioquímicas ocorrem durante a gravidez. Normalmente surgem alguns sintomas como: náuseas, vômitos, constirpação, hemorróidas, queimação, azia, inchaço e aversões alimentares. Quando há uma alimentação adequada, estes sintomas podem ser minimizados.

O peso é um fator importante e serve como sinalizador para avaliar o estado nutricional de gestantes e bebês. Existem alguns parêmetros de ganho de peso para realizar esta avaliação: gestantes com  baixo peso devem ganhar de 12,0 kg a 15,0 kg; gestantes que iniciaram com sobrepeso devem atingir um ganho de peso de 6,0 kg a 7,0 kg e gestantes com peso ideal  devem ganhar de 10,0 kg a 12 kg.

Sabe-se que a gestante e o bebê competem pelos mesmos nutrientes e calorias, e por este motivo é necessário que as mamães tenham uma alimentação equilibrada em nutrientes para si e para seu bebê. Aquele ditado que diz  “mulher grávida deve comer por dois” faz parte do passado e não condiz mais com uma gravidez saudável. Mais importante que consumir muita quantidade de alimentos é priorizar a quantidade que esta sendo consumida. A saúde  e o peso do bebê ao nascer, estão relacionados com o estado nutricional da gestante.

Além disso, com a realização de exercícios orientados, a gestante pode evitar um maior ganho de peso, e se diabética melhora o controle da glicose, diminui o risco de parto prematuro, reduz os riscos de pré-eclampsia, melhora a auto-imagem, diminui a ansiedade, o estresse e o risco de depressão.

Amamentação
Esclarecer todas as dúvidas das futuras mamães sobre amamentação também é muito importante. A preparação da mama para evitar rachaduras é um dos tópicos a serem abordados. O médico e/ou um nutricionista poderão dar orientações corretas a respeito deste assunto. Quando realizado de maneira adequada o aleitamento materno além de ser o ideal para o bebê, estreita o vínculo mãe e filho, auxilia na redução de peso da puérpera, entre outros benefícios.

A gestante antes de ser mãe, é mulher e prima pela boa forma física e por uma tranqüila recuperação, tanto emocional como fisicamente. Para isto é preciso que ela realize uma alimentação adequada durante a gravidez, aliada a uma atividade física e uma orientação adequada sobre aleitamento materno. Assim com certeza, terá como conseqüência um pré e pós parto mais saudáveis tanto para ela como para seu bebê.

Afinal, alimentação é também prazer. Nutrição é ciência. E gastronomia é arte.
 


Dra. Gislaine Carla do Nascimento Giliberti (CRN 7534)
da Odontologia Integrada Lúcia Coutinho

 

Odonto-Bebê

Av. Chibarás, 848
Moema - São Paulo - SP
Fone/Fax: (11) 5052-4346
Fone/Fax:  (11) 5051-0252
e-mail: luciacoutinho@terra.com.br
site: www.luciacoutinho.com.br

Aviso: As informações contidas neste Web Site, não podem ser usadas como um substituto para se obter aconselhamento 
ou tratamento médico. Os leitores deste Web Site não devem depender exclusivamente das informações aqui contidas. 
Procure sempre um profissional especializado.

 



Copyright© Clube do Bebê 2000/2005