Dra. Maria Cristina Elias
Nutricionista (CRN 2299)
 

Mestre em Ciências Aplicadas à Pediatria - UNIFESP 
Especialista em Nutrição em Cardiologia pela Socesp




A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO 
NAS PRIMEIRAS ETAPAS DA VIDA
E A OBESIDADE


Uma boa nutrição é condição fundamental para 
o bem estar e a saúde de indivíduos adultos 
e essencial para a manutenção 
do crescimento em crianças.



Leia Também:

Suco de Frutas e Iogurte (julho 00)
Nutrição na Infância
 (junho 00)

 

Alguns estudos em crianças obesas demonstram uma correlação entre a obesidade ou o excesso de peso durante a infância e o surgimento de obesidade na vida adulta. Outros nos mostram que o estado nutricional na infância não tem influência significativa em etapas posteriores.

Verificou-se em crianças e adolescentes obesos uma associação entre
adiposidade central e alterações nos níveis de colesterol e nos valores da pressão arterial, e que, é de grande importância a prevenção da obesidade para a diminuição das doenças coronárias no futuro.

Observou-se uma relação entre a genética e a obesidade, e por outro lado alguns estudos nos mostram claramente a importância dos fatores ambientais que pré determinam o estado nutricional já em etapas precoces da vida. O modo impulsivo, desorganizado e indisciplinado de se alimentar, que se observa em muitas crianças obesas, pode estar relacionado com práticas dietéticas incorretas iniciadas na infância.

É fundamental que se inicie hábitos alimentares corretos desde a infância, mostrando ao seu filho a importância de uma alimentação nutricionalmente balanceada. Observaremos abaixo algumas práticas precoces de alimentação que, mais tarde, podem predispor à obesidade : 

1) O processo de desmame :

  • Atraso na introdução de alimentos em pedaços - mastigação deficiente;

  • Alimentação  prolongada  com  mamadeira  -  atraso  na   evolução da  alimentação;

  • Insucesso na organização de refeições e lanches.

2) Enfoque psicológico dos alimentos :

  • Uso do alimento como uma fonte de consolo ou como recompensa;

  • Aceitação das habilidades da criança para alimentar-se;

  • Tolerância aos modismos na alimentação.

3) Conteúdo da dieta no desmame :

  • Estimular a preferência por sabores doces;

  • Resistência à introdução de alimentos em pedaços (frutas e verduras) como parte do processo de maturação durante o desmame;

  • Estimular preferências pelas frituras.

A alimentação disciplinada e um estilo de vida positivo e a ativo são,
provavelmente, a forma mais eficaz de prevenir o excesso de peso e a
obesidade em idades posteriores. Observa-se que os primeiros anos de vida são ideais para fornecer informações sobre nutrição e promover atitudes positivas em relação aos alimentos, pois a medida que crescemos adquirimos novos conhecimentos e conceitos, dificultando a mudança dos hábitos alimentares.

Ambiente familiar, mídia, amigos e tendências sociais (fast food) influenciam a ingestão alimentar na infância. Os pais, principalmente, devem estar cientes dos problemas decorrentes de hábitos alimentares errôneos, e assim, proporcionar aos seus filhos uma alimentação equilibrada, garantido-lhes melhor qualidade de vida.

 


Dra. Maria Cristina Elias (CRN 2299) Nutricionista

R. Carlos Petit, 253 - V.Mariana - São Paulo - SP - Fone: (11) 5579-6233 e 5549-6318
Av. Carlos Rebelo Jr., 357 - Vila Paraiba - Guaratinguetá - SP - Fone: (12) 525-1855

Aviso: As informações contidas neste Web Site, não podem ser usadas como um substituto para se obter aconselhamento 
ou tratamento médico. Os leitores deste Web Site não devem depender exclusivamente das informações aqui contidas. 
Procure sempre um profissional especializado.

 



Copyright© Clube do Bebê 2000/2004