Dra. Maria Cristina Elias
Nutricionista (CRN 2299)
 
Mestre em Ciências Aplicadas à Pediatria - UNIFESP - Especialista em Nutrição em Cardiologia pela Socesp




DEFINIÇÕES SOBRE NUTRIÇÃO

A alimentação exerce grande influência sobre o indivíduo, principalmente sobre sua saúde, sua capacidade de trabalhar, estudar e divertir-se, sua aparência e sua longevidade.


Vamos iniciar, então,  o novo século e milênio, 
aprendendo uma forma correta e saudável de se alimentar 
com base na PIRÂMIDE DOS ALIMENTOS.



Leia Também:

Dicas para Melhorar o Consumo Alimentar em Crianças de 1 a 6 Anos
(janeiro 00)
Modelo de Alimentação Saudável: Pirâmide Alimentar (dezembro 00)
Programação para o Desmame (novembro 00)
Desmame Saudável 
(outubro 00)
Fases da Alimentação do Lactante (setembro 00 )
A Importância da Alimentação nas Primeiras Etapas da Vida e a Obesidade (agosto 00)
Suco de Frutas e Iogurte
 (julho 00)
Nutrição na Infância
 (junho 00)

 

Para compreendermos melhor esses conceitos novos, veremos neste artigo definições relacionadas a nutrição.

Nutrição é a ciência que estuda a modificação dos alimentos dentro do corpo, suas funções e suas relações com a saúde e a doença.

O profissional nutricionista tem como meta a promoção e a prevenção da saúde da população por meio de um alimentação balanceada, garantindo todos os nutrientes necessários.

Nutrientes são substâncias encontradas nos alimentos, ou seja, proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, sais minerais e água. Cada uma dessas substâncias possui uma função específica no organismo.

  • Proteínas: constróem e conservam o organismo. São chamados também de construtores.

  • Hidratos de Carbono: fornecem energia para o corpo, por isso são chamados de energéticos.

  • Gorduras: além de fornecerem energia, ajudam no transporte das vitaminas A, D, E e K através do organismo.

  • Vitaminas e minerais: têm um papel fundamental na vida das pessoas da infância à fase adulta e devem ser consumidos corretamente desde bebê. São substâncias essenciais, das quais o corpo necessita para diversos processos metabólicos.

  • Água: pode-se dizer que sem água não há vida, pois ela é o principal componente do organismo. A água participa da composição de todos os líquidos e células orgânicas, desempenhando diversas funções essenciais ao metabolismo normal. 

Quando a quantidade de nutrientes não está suficiente no corpo, a criança passa a sentir alguns sintomas que merecem atenção: falta de apetite, perda de peso, irritabilidade, insônia, redução de desempenho físico e psicológico e apatia.

A falta de alguns nutrientes pode afetar consideravelmente a vida das crianças. Pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Saúde revelou que 10,5% das crianças com menos de 5 anos apresentam déficit de altura e 5,7% delas de peso. Isso acontece por causa da ausência ou da reduzida quantidade de nutrientes.

A dieta na infância precisa ser a mais saudável possível, evitando assim a ingestão excessiva de guloseimas.

Para garantirmos o aporte de todos os nutrientes é necessário que consumemos todos os tipos de alimentos, que são qualificados do seguinte modo:

  • Carnes, leite e derivados, ovos;

  • Cereais (milho, arroz, trigo, aveia, centeio, etc.);

  • Leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, amendoim, soja, etc.);

  • Feculentos (batata, batata doce, mandioca, mandioquinha, cará, inhame, etc.

  • Hortaliças (verduras de folhas: alface, agrião, acelga, almeirão, couve, escarola, espinafre, rúcula);

  • Legumes: tomate, cenoura, pimentão, rabanete, ervilha fresca, chuchu, pepino, jiló, beterraba, abobrinha, berinjela, palmito, etc.),;

  • Frutas

  • Água.


Dra. Maria Cristina Elias (CRN 2299) Nutricionista

R. Carlos Petit, 253 - V.Mariana - São Paulo - SP - Fone: (11) 5579-6233 e 5549-6318
Av. Carlos Rebelo Jr., 357 - Vila Paraiba - Guaratinguetá - SP - Fone: (12) 525-1855

Aviso: As informações contidas neste Web Site, não podem ser usadas como um substituto para se obter aconselhamento 
ou tratamento médico. Os leitores deste Web Site não devem depender exclusivamente das informações aqui contidas. 
Procure sempre um profissional especializado.

 



Copyright© Clube do Bebê 2000/2004